sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Post de Natal

Como não vou passar muito tempo falando aqueel blablabla de Natal, vou deixar duas frases pra reflexão:

"Nunca espere de alguém menor de 18 anos, atitudes de um adulto."

e

"Os ousados são os mais espertos..."

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Eu só divirto hienas...

Desde quando eu me entendo por gente
-Eu sou do circo mas ninguém entende
Será que uso muita maquiagem?
-Eu sou do circo mas ninguém entende

Debaixo da minha tenda, ando na corda bamba
-Antes do show repasso as piadas e ouço alguém dizer:
Olha aquele cara sem graça!

Já fiz piadas de todos os tipos
-Nenhuma delas fez algum sentido
Na minha casa sou o mais querido
-Entre meu rato e meu periquito

Só divirto hienas, ando na corda bamba
-Sentado no chão, olhando a platéia, eu começo a sentir
Uma sensação de derrota!

Tudo me desconcentra, me faz brincar com fogo
Não consigo ir embora, embora melhor fosse

Aah... se eu pudesse encontrar um motivo pra melhor
rir, terminaria meu show sem ter que no final fugir
, porque...

Eu sou o palhaço e sinto que sou mal-compreendido
Teoricamente eu sou o melhor dos piores
Eu sou o palhaço e sinto que sou mal-compreendido
Eu poderia até comprar o seu sorriso
-O seu sorriso... O seu sorriso... O seu sorriso...

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

AMARGO

Sou cético.
Acordo um dia e tudo é diferente.
Já tenho outra perpectiva de vida, de mundo, do tudo.
As pessoas não mudam, é o tempo que passa. O tempo nos faz esquecer as coisas que passamos, as angustias passadas, as mancadas alheias... e a gente? A gente amolece, finge que nada aconteceu e com o passar do tempo esquecemos de novo.
Ai as pessoas vão e CAGAM novamente... só que uma hora, o limite acumulado de angústia estoura e a gente desaba.
É neste momento que você para pra pensar se tudo o que você tem feito até hoje é/foi certo ou se você tem empurrado tudo pela barriga sua vida inteira.
Neste mesmo momento que você pensa se é melhor ficar sozinho do que mau acompanhado, ou calçar o primeiro chinelo velho para o seu pé cansado e não sofrer de solidão.
Ai você tem, talvez, menos desgaste emocional e pelo menos alguém pra descontar toda a sua birra de uma vida repleta de relacionamentos que não deram certo.
E a esperança? De que talvez um dia você encontre um relacionamento perfeito? Na verdade, ela AINDA existe, porém eu evito esse tipo de relacionamento de novo.
Evito amar, evito me apegar, evito toda aquela cumplicidade de vivenciar um namoro ou um relacionamento estável. Por medo, por birra e por preguiça também.
Minha instabilidade psicológica não permite isso!
Porque depois, o que vem, é toda aquela mágoa e acusações sem sentido. E novamente, alguém que você viveu juntos longos meses, frações de um ano, pedaços da sua vida, não olha na sua cara e faz de TUDO pra te ver pra baixo.
Talvez seja por isso que eu sou assim, AMARGO.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Feeling Alone

Não sei explicar esse sentimento.
É algo surreal!
Você está lá, cercado de amigos, ou com seu namorado, mas sua cabeça está em outro lugar. Você está sozinho, cercado de pessoas, mas nenhuma delas com conexão mental.
Ai você passa a ser meio antissocial (maldita reforma), se isola porque na verdade, você é um incompreendido.
As pessoas passam a te ver como amargo...
Fico sem saber o que fazer, com quem conversar. Será que alguém pensa como eu? Será que quando não estou com meus “amigos” eles pensam em mim? Será que sou o tipo de pessoa que faz falta para as outras?
Queria ser essencial na vida de alguém e não mais aquele amigo legal que as pessoas pensam “ah, seria legal se ele tivesse aqui, mas...”... não sei se é egoísmo querer ser algo mais! Se é ambição demais sentir isso... Não que a vida dessas pessoas teria que parar por causa de mim, mas.. Ah, sei La! Parei por aqui. Beijo

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

1,2,3 [continuação]



Quem sabe não pode dar certo?

sábado, 12 de dezembro de 2009

1,2,3

Essa semana andei pensando sobre uma coisa.
Estava na casa de uma amiga falando sobre minha vida amorosa e pensando nos meus relacionamentos, nisso ela tocou em um ponto que eu nunca havia imaginado.
Um namoro a três.
Não apenas um Ménage, um sexo e fim.
Mas um relacionamento MESMO!
Juro que me vieram várias imagens na cabeça, como chegar na balada com mais duas pessoas, uma de cada lado.
Seria engraçado... Mas não sei se suportaria ter um relacionamento assim.
Por mais moderninho e mente aberta que eu seja, um relacionamento com uma pessoa já torra a paciência e ocupa grande parte do seu tempo, imagina com duas!
Sou a favor do sexo livre. Sem pudor pra fazer e pensar nada em relação a sexo, mas poligamia hoje em dia talvez não funcione.
Ia rolar ciuminho o tempo todo! Com nossas tecnologias de hoje em dia, iria ter uma cobrança do tipo “ele recebeu um depoimento e eu não” e assim por diante.
Três é impar, nunca será par!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Ctrl+C em Homenagem ao Aniversário da Minha Poetiza Preferida

"Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos." - Clarice Lispector

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Boooom Diiiiaaaaa...

É tão bom acordar disposto e mandar mensagem de "Bom Dia" super feliz no celular encaminhado pra umas 20 pessoas da sua lista, que na verdade, foram selecionadas pq são aquelas pessoas que vc queria dar um abraço apertadooooo...

ai acontece o seguinte, das 20, 6 respondem... ksoapsask

ai eu fico pensando:

1- são pobres e estão sem crédito
2- não receberam a mensagem
3 - estão dormindo
4- não querem responder
5 - sei lá...
ksoaspkapskaska

mas tudo bem, o que importa é que mandei... mas no fim, meus créditos acabaram e agora não consigo responder os atrazados!
skaposoakospakapok

este, definitivamente, é o post mais inútil, mas não queria larga ro blog de novo!
Desta vez vou postar pra valer!

domingo, 6 de dezembro de 2009

Conclusão

Acordar, pensar que seu dia não será nada mais do que o dia anterior, parar por um tempo.... voltar a dormir!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

ANEXO

De madruigada, após mais episódio da quarta temporada de Heroes, nada pra fazer... vi uma promoção no twitter, e como tava empolgado com as montagens do dia anterior, resolvi participar.
Não ganhei, mas a arte está aqui!

CID 10 - F60.31

Uma coisa que sempre me intriga é a perguntar quem sou eu...
Quem sou eu?
O que eu visto? O que aparento ser? Minha formação acadêmica? Meu sobrenome e toda educação herediária? Minha carga genética? Carne e espírito? O que eu gosto? O que eu como?
Na verdade não sei.
Sou um paralelo entre todas as definições.
Não sei quem sou, de onde sou.
Não sei quando eu nasci, só sei que chovia naquela estação e fazia frio. Sei que cresci dali tendo olhares à minha direção, e língua, bocas... ordens e culpa.
Sei que fui privado psicologicamente de desenvolver pensamentos que queria, como toda criança. Mas nunca me senti incluso em algum grupo.
Já na adolescência, passei a fingir que tava tudo bem. A fazer cara de idiota pra qualquer assunto, a concordar com a grande massa a ser o que eles queriam, mais um produto da massa.
Depois veio a contra-reforma pessoal. Eu acabei me adaptando à ideologias que iam contra o senso comum. Gostando de coisas mórbidas, me vestindo de preto, me escondendo atraz de roupas e adereços, e poemas do tipo... onde a morte era vista como uma passagem... venerada.
A morte hoje em dia, acredito que é um portal. Pra onde eu não sei... porque são poucos os que seguem até o fim, e morrem porque já chegou a hora.
A vida nos impõe cada coisa louca, você pode sofrer um acidente, morrer de câncer, alguma doença rápida, um ataque cardíaco que seja, e não morrer de velhice.
Mas existem os covardes, pessoas que como eu as vezes tem aquele pensamento, aquela vontade de deixar de enfrentar tudo isso, toda essa pressão... e encurtar a vida por medo e por não suportar mais a existência em vão. A única chance de fazer algo por si próprio...
Culpa que eu sempre senti e continuarei sentindo até o fim da minha existência.
Neste momento estou sentado sobre o colchão do meu irmão na cidade de Cruzeiro/SP ouvindo “Canto dos Malditos na Terra do Nunca” e meu humor não é lá dos melhores.
Fico pensando tanta coisa, que não consigo concluir nenhum pensamento e como sempre posto vagamente sobre idiotices que ninguém vai ler ou se ler, vai guarda pra si. Ou então vai comentar, melhoras pra você...
Não quero ler melhoras, nem nada... ai sei lá o que eu quero.
AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH...
Odeio pensar também que tenho uma doença e fui clinicado por um psicólogo por um termo técnico que me define como pessoa, mas é horrível a sensação da melhor definição sobre sua pessoa estar no Wikipédia...
http://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_personalidade_lim%C3%ADtrofe

Cansei disso, dessa insignificância de ser apenas mais um e não ser normal.
Conversando com amigos em uma roda, pelo menos sei que louco não sou. Não acho que os outros estão errados, eu sei que o problema é comigo, e eu só queria deixar de sentir isso....
Minha mãe entrou no quarto e brincou comigo sobre alguma coisa, e eu já me estressei com ela... acredito que ela seja a pessoa que mais faz tudo por mim e eu não retribuo a altura, não por não querer, mas por não conseguir.
Não consigo nem pensar em mim mesmo, como alguém digno de confiança e atenção quanto mais os outros... não quero perder meus amigos, quero tê-los pra sempre comigo... Mas pra isso eu preciso cuidar de mim.. ai, cansei de escrever .fim
[quando eu ficar melhorzinho, meus textos melhorar de qualidade... ou não!]

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Tempo Ocioso



Eu quem fiz essa BOSTA... hahaha...
eu até gosto de Twilight, mas fiz pra zoar os leitores de bosta que acham que esse é um dos melhores livros já escritos e carregam o nome para tudo, como se fosse uma seita a ser seguida.
enfim, é isso.. Vitinho, te amo! (meu irmão de 12 anos viciado em Twilight)

...

bom... o post era pra ter terminado aqui, mas ai bateu vontade de zoar mais um poquinho, ai continuei...








segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Amor de cu é rola

Andei pensando esses tempos... Não existe amor “verdadeiro”!
Não no sentido de sinceridade, sentimento puro e tal, mas no sentido de existir a pessoa certa pra você, "alma gêmea" sabe?.
O que existe são pessoas com semelhanças ou diferenças da gente que nos atrai física e psicologicamente fazendo nosso coração batendo mais forte e fim.
Essa baboseira de alma gêmea foi inventada pra enfeitar os contos de fadas e poemas antigos, para disparar os corações apaixonados.
Se você parar pra pensar, o amor é única e exclusivamente regional. Regional pelo seguinte motivo: você só ama quem você conhece, logo, a pessoa mora na mesma cidade ou ciclo social e você já teve contato físico ou algo do tipo. Você nunca vai amar alguém que você não conhece e nunca vai conhecer, alguém que more em uma cidade chamada Adapazari (Turquia) sendo que você mora em Mogi das Cruzes (SP – Brasil), sendo que vocês não têm contato algum.
E internet? Bom, em minha opinião, amor de internet é farsa. É um meio dos tímidos e desapegados, carentes e pessoas que perdem mais tempo do que deveriam se dedicando a romances que são meramente virtuais. Serve apenas pra enganar o seu ego ferido e pra se sentir menos encalhado.
Pense bem, aquela pessoa da internet é apenas uma atração física sua, NADA mais!
Somente quando você a ver pessoalmente vai pode-la amar de verdade. (Isso quando a pessoa em questão você a conhece pela internet mesmo, não aquela que você ficou na balada e adicionou no Orkut depois, porque isso não conta!)
Agora o mais engraçado, é que a vida é tão cômica, que mesmo a gente se privando de sair de uma determinada área, a gente consegue viver muitos relacionamentos, com muitas pessoas diferentes, de todos os tipos, tamanhos, cores, gostos, atitudes, idades, enfim, é isso.
Parei de filosofar. Minhas reflexões as vezes me assusta!

Bom, deixo aberto aqui opiniões sobre o tema...

domingo, 29 de novembro de 2009

Flyer [14]

sábado, 28 de novembro de 2009

NOTA

Cruzei a linha entre o real e o imaginário, não sei se faço o certo ou o errado, só sinto que saindo do armário, talvez a paz terei encontrado.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Cicatrizes

As cicatrizes não tem personalidade. Não são como a pele da gente: não mostram a idade ou alguma doença, a palidez ou o bronzeado. Não tem poros nem pelos, nem rugas. São uma espécie de fronha que protege e esconde o que houver por baixo. Por isso as criamos. Por ter algo a esconder.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Etiologia

Esta pessoa (escolher uma opção):

1. está fazendo uma viagem perigosa, da qual poderemos aprender muito, se ele ou ela voltar;
2. está possuída (escolher uma opção):
a) pelos deuses,
b) por Deus (isto é, por um profeta),
c) por espíritos malignos, demônios ou diabos,
d) pelo Diabo;
3. é uma bruxa;
4. está enfeitiçada (variante do item 2);
5. é má e precisa ser isolada e tratada por meio (escolher uma opção):
a) de purgas e sanguessugas;
b) da remoção do testículo;
c) de choques elétricos no cérebro;
d) de lençóis molhados com água fria, amarrados com firmeza em voltado corpo;
e) de Thorazine ou Stelazine;
7. está doente e precisa passar os próximos sete anos falando sobre isso;
8. é uma vítima da intolerância social devido a comportamentos que se afastam da norma;
9. está sã num mundo insano;
10. está empreendendo uma perigosa viagem da qual talvez jamais volte.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Ele se sente só...

Não se controla quando alguém lhe chama atenção
Não vê chances de se entregar a uma pessoa só
Seu coração é repartido em pedaços e em vão
Sua cabeça pensa em conquistar
Sem atar nenhum tipo de nó

Pra congelar os dedos só se for por cartão postal
Não quer fincar os pés num amor do tipo mortal
Destes que tem começo, meio
E quase sempre um triste final
Ele quer ser de todos
Como num eterno carnaval

Mas ele se sente só
Quando a noite cai
E quando vem o vazio
Ele nem sabe pra onde vai
Mas ele se sente só
Quando a manhã vem
Nunca está sozinho
Mas não quer olhar pra cara de ninguém.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Dias sim, dias não...

Eu sou o novo cara igual, que não se acha normal
E ultimamente eu ando totalmente, sem paciência e mal
É um misto de cansaço, com o tédio... Espírito mental.

E tenho impressão que o dia
Vai ser longo... Pois hoje eu acordei com a macaca!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

SICK

Estou cansado!
Não agüento mais fingir que tá tudo ok comigo.
Uma hora cansa...
E não é que estou mal, também.
Eu na verdade estou perdido, jogado contra uma linha imaginária, estou flutuando pelo sentidos, pelos sentimentos, com emoções que não são minhas, onde um mísero sopro eu vôo para um outro sentimento.
Sou como a água. E a cada segundo é como se uma temperatura diferente influenciasse meu estado.
Para ser mais especifico, me descreveria como um copo de água. Agora, 22h33 da noite, eu to na linha do equador dos estados físicos, continuando liquido. Assim que o relógio vira para 22h34, e como se esse copo fosse colocado num freezer ultra gelado a -50º e deixado lá aquele minuto inteiro... eu não sou o copo que apenas gela e continua sólido, minha mente é cada gota daquela água que virou gelo.
E o que acontece? Bom, no minuto seguinte, o mesmo copo é colocado num forno a quase 400º onde fica lá por mais aquele longo minuto... e eu sinto minha cabeça fritando, e cada gota dos meus pensamentos virarem fumaça.
Eu queria ter um porto seguro, pelo menos agora, pra abraçar e chorar.
Queria saber porque estou com vontade de chorar...
=/

domingo, 15 de novembro de 2009

Flyer [13]

Farofeiro de Biblioteca de Cu é Rola!

Hoje me surpreendi.
Ouvi elogios sobre meu blog!
Achei estranho, não divulguei o endereço. Agora to me sentindo de certar forma envergonhado e até um pouco constrangido!
Tá, é minha privacidade exposta aqui... mas eu não ligo, afinal minha vida é um livro aberto e eu não temo a realidade.
O problema é que não me sinto intelectualmente apto a escrever pras pessoas lerem, pq isso implica várias normals e códigos de ética.
Whatever, vou fingir que ninguém entra ai o post fica mais natural ok?
Bom, vamos ao post...
...
Como grande parte dos leitores (para não dizer TODOS) sabe, eu tenho aula sábado de manhã!
Coisa que não me agrada nem um pouco...
Mas enfim, com amigos tudo se desenvolve.
Então, hoje fazendo um trabalho na biblioteca da faculdade, me deparei com um sujeito muito engraçado... ele estava dentro da biblioteca, sentado lendo um jornal comendo uma Maçã.
Já achei estranho pelo fato de estar comendo dentro de uma biblioteca.
Como se não bastasse, ele terminou a maçã e começou a comer uma Goiaba.



E depois uma banana...



Só faltou ele tirar uma melancia lá de dentro da mochila..
Mas enfim, não era sobre nada disso que iria escrever, mas ok... na verdade era, mas eu estava inspirado a escrever de forma a ser um post comico, mas meuhumor no momento impossibilita tal coisa.

Ah... só pra não deixar juntar poeira.
to pensando em postar as sempre as coisas engraçadas do dia a dia... ou não.
não tenho paciencia pra isso.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

A ARTE DO DESAPEGO

Como é bom ser solteiro!

Sabe, sempre me sinto sozinho agora... É estranho não ter aquela pessoa pra te ligar, pra amar...
De repente meu coração tá vazio... sabe? não amar ninguém, ter uma vaga aqui na minha mente e tudo?
O mais dificil ainda é encontrar uma pessoa apaixonável!
Quando vejo aquela pessoa que eu possa me apaixonar tem alguma coisa que estrega!
exs.: 1 - pessoa promiscua
2 - traficante
3 - a pessoa tem 15 anos (eu tenho 22)
4 - a pessoa morar no RJ e não ter a chance de eu ver
5 - não sei, mais numerar, mas tem muitas outras...

Não que eu esteja reclamando, pelo contrário, adoro!
Adoro meus momentos de "pega e faz" sabe? sem pensar, sem planejar, tá certo que GERALMENTE sou imprudente, mas... e daí?
A vida é assim!
Se eu tenho dinheiro, vamos gastar.
Se a festa é hoje, usar a melhor roupa.
Se você ta curtindo o momento, curta o máximo.
Não desperdiçando as oportunidades.
Sem falar que beijo/durmo com várias pessoas!
Não sou do tipo puta, sinto que sou do tipo "pra casar", mas se to na balada e chegam 15 em mim, se eu tiver afim, beijo 15 ué... não sinto que isso seja errado.
Ah quer saber, foda-se essa sociedade.. que falem.
Nem ligo!
na verdade, não ando ligando pra nada ultimamente, pra rolês de estrelismos e fotos pros outros verem, to curtindo amigos de verdade, coisas de verdade, comer pizza e falar merda, ver filme com pessoas legais, conhecer novos lugares e tudo mais. Tudo ao meu tempo e sem ser pra mostrar isso pra um "publico".
Quando em minha vida pública de redes sociais comuns e nas virtuais eu iria descobrir que gosto tanto de escarola quanto gosto de brócolis?
Que eu tenho a perna em “X” e que isso é foda pro ballet... Oo
Que eu tenho jeito pra falar em público e tenho um grande poder de persuasão.
Que mesmo manipulando as vezes, sou auto-suficiente.
Que eu apesar de viver postando no meu twitter (@empty_boy) o tempo todo, gosto mais de passar horas no Orkut novo...
Que prefiro continuar na pseudo-traquilidade de Mogi das Cruzes do que a correria e “pseudo-vida feliz” de São Paulo?
Que os twixs semanais poderiam ser substituídos pelo trident de caixinha?
Que eu to com vontade de cortar cabelo atoa... só pra cortar.. mesmo sabendo que daqui a 3 meses ele estará exatamente como está agora, mas quero de fogo no rabicó mesmo.
Que se eu tivesse 105 reais agora, eu estaria dormindo pra acordar cedo amanhã pra malhar.
Que eu preciso urgente de habilitação, pq eu quero moto, depois carro, depois um carro foda... haha
Que as palavras que podem ser empregadas como adjetivos e substantivos ao mesmo tempo, são engraçadas e é bom ficar horas brisando nisto.
Que eu não sei abrir lata deleite condensado não importa que ferramenta utilizo.
Que eu odeio quem dança frevo na balada... como é tosco!
Que não sei cortar minhas unhas da mão direita com nenhum instrumento inventado.. o foda de ser destro é isso! =/
Nossa, são tantas coisas que eu presto mais atenção em mim mesmo!
Ai, ultimamente tenho conhecido pessoas ótimas, legais, diferentes e tudo mais... mas vou me permitir conhecer outras. Viver é isso, uma questão de escolha!
Agora vou parar de escrever, porque demorei horas pra esse post ficar pronto!. Ah, quero escrever em algum blog comunitário sobre alguma coisa.
Alguém me convida?

domingo, 8 de novembro de 2009

ENADE de cú é rola!

Domingo, 8 de Novembro de 2009...
Poderia estar transando agora, mas não estou aqui levantando cedo pra fazer o ENADE.
Sinceramente, não sei qual o critério de seleção dos alunos e muito menos porque cargas d'água eu fui escolhido pra fazer essa prova.
Isso porque na faculdade, não tive NENHUMA orientaçao.
Acho ridículo o MEC utilizar de certos meios para fazer o seu trabalho, que já não é dos melhores em determinadas formas.
Enfim, bom ENADE pra todos... eu só estou pensando aqui com meus botões, se farei a prova

boicotar
.....

Voltei, e saibam que a prova foi uó!
Todo mundo deu o balão na prova... cabulei mesmo!
Cheguei 2 minutos antes de fecharem os portõs, fui correndo de moto, furei fila, estava varado sem dormir e quase deitei ali mesmo, o lugar era longe pra porra, estava um calor infernal, ainda chuveu, e pra terminar, o fiscal ainda pegou meu celular!
Conferi o Gabarito e não me surpreendi ter acertado cerca de 30% das questões de múltipla escolha, já que eu não respondi as dissertativas.
Um domingo a menos na mnha vida... sem show do Evanescence, sem parada gay de Santo André... cheguei e dormi, estava precisando.
Bom , é isso por hoje...

domingo, 1 de novembro de 2009

Flyer [12]

sábado, 31 de outubro de 2009

Flyer [11]

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Desabafo

Apesar de eu achar que as coisas estão melhorando, não consido deixar de sentir que sempre tem alguma coisa faltando...

domingo, 25 de outubro de 2009

Flyer [10]

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Just a Little Word

In the deepest hour of the night, confess to yourself that you would die if you were forbidden to write. And look deep into your heart where it spreads its roots, the answer, and ask yourself, must I write?

sábado, 17 de outubro de 2009

Quem sou eu?

É tão difícil me definir, talvez tento esta proeza pq são 5h27 da manhã e eu acabei de voltar de uma noitada.
Não estou escrevendo como escreveria normalmente, minha mente está entorpecida.
Sou um típico garoto sonhador, não faço muita coisa durante o dia. Infelizmente sempre guardo as melhores coisas pro amanhã, mas to aprendendo com a vida viver o hoje.
Durmo tarde, acordo tarde. Só como porcaria e passo mais tempo do que deveria na internet. Não sei se tenho uma religião definida, na verdade, sou muito confuso também. sempre me perco nas minhas idéias... mas sempre quero algo. Isso é FATO!
Quero algo pra comprar, comer, fazer...
Sou do tipo que prefere namorar do que curtir a vida de solteiro, mas também quero meu tempo de curtição.
Dificilmente me apaixono por alguém logo de cara... sou exigente ao extremo, chato, complicado, mas não sou metido, apesar de muita gente me achar arrogante.
Sou julgado como se fosse um "garoto clichê do século XXI que só quer saber de sexo, drogas e rock n' roll", mas penso um pouco diferente. (mas sim, adoro badalações com os amigos!)
Tenho ideais políticos, uma visão caótica do futuro ao mesmo tempo com esperança de poder fazê-lo mais próspero.
Não me imagino como estarei vivendo e serei física e psicologicamente daqui a 10 anos. Na verdade, acho muito difícil imaginar algo sobre minha vida daqui a 6 meses.
Sou cercado pelo tédio... e um pouco pela preguiça de mudar o que eu já estou conformado a ter.
Tenho problemas em assumir os meus erros, mas to aprendendo. Odeio injustiça, mentira e principalmente traição e falta de consideração.
Sou generoso, até demais e com quem não merece, mas sinto que sou uma pessoa boa. Tenho meus defeitos sim, mas também muitas qualidades.
Sou fútil, mas ao mesmo tempo não sou.
Tenho bom gosto, e gasto exacerbadamente a mais que o necessário, mas não vivo pra oficio de mostrar uma imagem para os outros.
Não sei o que quero do futuro, talvez ser feliz, e apesar de ser vaga essa afirmação, é a que mais se enquadra no momento.
Sou leonino, com ascendente em leão e tenho como signo lunar capricórnio, e apesar de não acreditar em astrologia, eu leio meu horóscopo diariamente.
Minha inconstância me preocupa, e eu parei de culpar minhas "loucuras pessoais" por diagnósticos estipulados por psicólogo e afins.
Sou manipulado, as vezes chego a ser um emaranhado de reflexos das pessoas que eu conheço, mas no fundo eu sei quem eu sou e tento passar ao máximo as minhas próprias convicções.
Não gosto do meu nome, mas na verdade, já acostumei com ele. Tive 22 anos pra aceitar a idéia que serei "Zé da Silva" até morrer e me contento com isso. Não sou o orgulho da família, nem o filho perfeito, mas sou um cara legal. Não faço mal pras pessoas, não falo mal de ninguém, não passo por cima das pessoas. Mas mesmo assim sou vítima de fofocas e picuinhas, mas relevo, minha vida não é BBB pra ficar discutindo.
A parte do meu corpo que eu não gosto é a minha barriga, não que eu seja gordo, mas como eu já fui, tenho uma certa quantidade a mais de pele distribuída de forma errada nesta região, que não permite aparecer os "quadradinhos" que eu tanto admiro. Sou "alternativo", odeio rótulos, e gosto de viver desse meu jeito porra-loka-comportado que eu vivo.
Gosto dos grandes prazeres, mas não os vejo como pecados capitais. Amo comer, sexo, dinheiro (capitalismo ¬¬) e curtir a vida. Gosto de passar uma noite em claro conversando, comer pipoca e prestar atenção no barulho, fazer xixi sentado e relaxar, assistir filme (sozinho ou acompanhado), tomar banho demorado e quentinho, ficar sozinho no quarto de noite pensando na vida... Tenho um certo problema de memória, anoto tudo o que tenho que fazer em lembretes.
Também esqueço de pessoas as vezes, lembro mas "não sei de onde te conheço!"
Meu celular é a única coisa que SEMPRE está comigo, para curar eventuais crises de carência afetiva.
Moro com uma amiga em Mogi das Cruzes, zona leste de São Paulo, mas já morei no interior, cidade de Cruzeiro, onde construi minha base e meus primeiros contatos do meu ciclo social. Sinto saudades de alguns amigos, da minha família, principalmente da minha mãe, vó e irmão mais novo.
Falo um pouco de inglês, e conheço muitas coisas. Gosto de ler e escrever, acho que por isso escolhi fazer Jornalismo, mas não tenho certeza se quero escolher algo pra fazer pro resto da minha vida e fim.
Sempre fui o garoto confusão, ninguém nunca botava muita fé em mim, até hoje é assim. Mas as pessoas que me conhecem, sempre me dizem que eu tenho potencial.Não posso deixar de acreditar, nem confiar cegamente, meu nosso ego nos ilude.
Tenho alguns "codinomes"! Empty Boy é um nick bobo que eu coloquei atoa e Caterpie por um motivo mais besta ainda.
Só uso cueca-sunga, não gosto muito de bandas nacionais. Gosto da Angelina Jolie, mas ultimamente pago pau pra Megan Fox. Musicalmente, t.A.T.u., Placebo, Black Eyed Peas e vive la Fête me descrevem, apesar de TOTALMENTE diferentes, eu gosto desses sons.
A parte do meu corpo que eu mais gosto, são meus olhos. Eles são interessantes... Parecem castanhos, mas se você reparar bem, são de um cor meio mel-esverdeado, e eu me sinto bem olhando pra eles no espelho. Tenho uma tatuagem "Liberté" e alguns piercings, nada muito explícito.
Não sou organizado, mas me encontro na minha bagunça.
Ás vezes estou contente, estou amargo, estou triste, estou bravo e estou carente, mas eu sou feliz!
E agora, estou com sono e vou tentar dormir pois já são 6h04 da manhã e eu não sei mais sobre o que escrever e nem se vai ter espaço de caracteres suficientes pra caber esse texto gigante no perfil.
Bom, enfim, prazer, Junior vulgo Tidus.

--------------

Fiz este texto pro meu orkut, mas tive de resumir ¬¬'

domingo, 11 de outubro de 2009

Flyer [9]

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Eu amo "I Gotta Feeling"! \o/

Gente, quanto tempo eu não posto aqui =O

Mas voltei.o/

Há coisa melhor do que acordar cedo numa segunda feira feliz da vida sem motivo algum?
Satisfação pessoal, felicidade por estar feliz consigo mesmo e não depender de uma outra pessoa para que isso ocorra. Claro, se tivesse uma segunda pessoa nesse relacionamento, seria duplamente feliz, mas enquanto isso, vou curtir esse momento sozinho.
é até estranho, não to num daqueles dias que eu me olho no espelho e me sinto bem, na verdade, eucoloquei "I Gotta Feeling" do Black Eyed Peas no repeat do winamp e to dançando de cueca... hahaha
Isso porque eu já fiz abdominal, atualizei o site que eu trabalho com coisa que nem precisava fazer agora, adiantei artes que eu devia, fiz uns 3 flyers diferentes, escrevi posts pra blog, fotolog e twitter; fiz yoga, respondi tudo o que tava pendente na net, até começei a mexer no facebook e estudei um pouco de francês...
E não, eu não usei nenhuma substancia entorpecente, seja lícita ou ilícita.
Acho que é mistura de ansiedade com a ponta de esperança de que tudo está pra mudar... =P

Agora vou indo que vou tomar meu banho de caneca, e não estou desanimado por isso. Pelo contrário, começei a ver tudo como uma oportunidade, pensar positivo sempre.
Mesmo tendo quase certeza que serei despedido nessa quarta, mas foda-se!
Viver é uma questão de escolha, e eu escolhi viver bem comigo! \o/

Bom, vou me curtir mais um pouquinho... 1bj

domingo, 20 de setembro de 2009

Flyer [8]

terça-feira, 15 de setembro de 2009

O Maior Mico da Minha Vida

Estava eu hoje, aqui perdido com meus botões, quando decidi ir pra faculdade rever uns amigos que há tempos não conversava.
Bem quando estava saindo, alguns amigos vieram em casa.
Fomos juntos à facu, e acabamos indo parar no Supermercado Extra para beber... Fiquei passeando pelos corredores, como sempre, vendo roupa, acessórios, cds, dvds, livros, chocolates, até que eu vi lubrificante íntimo que eu procurava a tempos e decidi comprar.
Como se não fosse constrangedor o bastante comprar este tipo de coisa, na hora de passar, passou um valor bem mais alto do que estava indicado.
Ai solicitei que o mesmo fosse revisto,o caixa simplesmente chama a fiscal que voltou com mais 3 tipos de lubrificantes diferentes e eu MORRENDO de vergonha.
Ainda imagino que tem meninas que tem vergonha de comprar absorvente e camisinha, imagina eu... kspkakosoasak
enfim, queria contar!

obs: A fila atraz de mim, estava gigante.
obs2: Estava com vários amigos, bêbados ou não, que ficaram me zoando ali mesmo...
obs3: O Caixa era gay!
obs4: Tinha uma mandioca passando junto e ele perguntou "a mandioca é sua?"
obs5: Nunca mais volto no extra!
obs6: Ainda gravaram a cena!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Vida Entopercida

Agora eu entendo o que vc sente.
aquilo que sufoca.
que te joga pra baixo, que eleva e que não te deixa ficar com um pensamento constante.
agora sei o que é sentir raiva, chorar, gostar... sentir-se confusa, sem chão, nem fome, nem sede, nem vontade de sair da cama, nem vontade de viver mais...
sei o que é não conseguir não pensa em alguém, ficar neutro, dormir tranquilo...
e esse sentimento? que aperta por dentro?
como faz pra passar?
como tentar mandar nossos olhos parerem de chorar?
Isso era pra ser uma desabafo, agora virou post de blog...
e mais uma vez a palavra-clichê ronda meu dia-a-dia... "de que adianta?"

Novamente me engano, fingindo que tá tudo bem, mas não está.
continuo no mesmo lugar.
estagnado.
mesmo tanto de amigos.
mesmo sentimento de auto-ódio-platônico.
mesma vidinha medíocre e ilusória.
mesma pena de mim mesmo...

Se isso for viver, quero interromper o processo imediatamente.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

A Noite Passada

Noite doce.
Lingua salgada.
Olhares azedos.
e eu como sempre, amargo.

FIM.

domingo, 6 de setembro de 2009

Flyer [7]

sábado, 5 de setembro de 2009

Flyer [6]

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Fim da Marvel

Tá, agora a Marvel foi vendida para a Disney!
é o fim dos HQs =/
agora vai sair filminho misturando os dois.. da Pixar.. to até vendo o Spider-Mouse ou coisa tosca do tipo... ai que revoltante!
Nem sei mais o que escrever, depois dessa vou fazer algo que nçao esteja relacionado a super heróis...

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Brisa...

As placas tectônicas dançam tecktonik e causam terremoto... 1bj

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Take Care About Your Life!

De repente minha vida virou uma novela,
sem espectadores,
onde pessoas aleatórias ou ate mesmo daquelas impostas,
que o destino impoe vc de serem "suas",
querem saber de vc.
Tá, tem gente que nem le nada, nem xereta NADA sobre você,
mas ai, só um pingo de vínculo, seja amizade, romance, familia... começam a fuçar sua vida.
seu orkut vira um album de fotos íntimo, uma playboy sem a máscara de fingimento, seu twitter e blog, um livro bizarros de horrores, onde vc tem que escrever coisas felizes pras pessoas gostarem de você.
Pessoas cuidam de mais da vida dos outros, cuidem mais de você.
Não da sua familia, seus amigos, o próximo, mas de VC mesmo... vai se depilar, comprar um creme corporal, fazer escova, uma hidaratação, uma drenagem linfática, um curso de francês ou até mesmo um curso avançado de computação... me deixe em paz! SACO _|_

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Dando um tempo...

Acho que agora que aderi ao twitter, tenho postado mais lá, portanto...
http://www.twitter.com/empty_boy

=P

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Twix

Gente, como pode?
Um chocolate!
Apenas um chocolate, recheado com caramelo e biscoito e eu ser tão viciado.
Tinha que postar algo sobre twix, pois é meu maior vício no momento.
Como todos os dias... e amo a promoção do supermercado de deixa-lo por R$0,99.
Esse mês eu gastei uns R$60,00 em twix, o que na verdade, multiplicando por 2 já que vem duas unidades em cada embalagem, eu comi mais de 100 em menos de um mês.
Ai, quero mais por falar nisso, vou lá comprar... 1bj

Tweet

Fumei com a monique e olha... não sei... mas to pensando seriamente em ser hétero, pq todo homem é FDP! FATÃO DO CARALHO POW, BOOM BOOM POW

domingo, 23 de agosto de 2009

Flyer [5]

sábado, 22 de agosto de 2009

Scrap de Aniversário mais Sem Noção do Mundo

invisível Caterpie:
FELIZ ANICERSÁRIO BONEKS
SAKSOAOSPKASKPOASAKSK
OLHA, C TINHA Q TAH CONOSCO NESTE MOMENTO DE INLUCIDEZ PROVOCADA PEL0 AUMENTO DE SUBSTANCIA VERDINHA QUE ENTRA PELO PULMÃO E VAI PRA CABEÇINHA,VENHA ATÉ MIM, QUE TENHO CAPIM
TE AMO, E TAMO FUMANO.
ME LIGA, QUE TENHO LARICA.
1BJO QUE ACABOU O QUEIJO.
XIXI, ALOU VOSE.. TEZÃO.. NOM, JESUS, CAI DESGRAMA CAIU..FIM

TRACEI A BICETRIZ, E QUASE FOI POR UM TRIZ.
MINHA AMIGA SAPATÃO, VEM PEGA NA MÃO
VC TRAZ SEU AMIGUINHO, QUE PEGO NO MEU PINTINHO
ME DA ATENÇAÕ, TO MORRENDO DE TEZÃO, BONEKS, ESTOU DE BRINKs XD
FUI DE NOVO

VC ESTÁ EQUIVOCADA, 1BJ

Quem é Toledo?

Quando fico imerso,
penso naquele perverso.
Escrevo tudo inverso,
Dominando meu universo.

Caio em solidão,
esperando a confissão,
da sua nova ambição
já está doendo minha mão.

Já não tenho medo,
de contar o seu segredo.
Que você, Toledo,
calou-me com o dedo.

Nada que deprima,
vai gongar a minha rima,
não jogo purpurina,
mas é uma obra-prima.

Mande notícias do mundo de lá...

...Tem gente que veio só olhar
tem gente a sorrir e nazaré
e assim tomar um café! oO

You Are so Rock N' Roll! \m/

...you are the sun you are the only one.

to aqui ouvindo um som
pensando na morte da bizerra
meu poema não á bom
pq não rimou com o fim "erra"

minha terra tem palmeiras
onde canta o sabiá
sabiá de cú é rola!


.be mine, be mine, be mine number one...

Perigo do MSN ligado

Olha, passeando pelos meus registros de conversação do msn, achei essa que eu não lembrava de ter existido, devido meu estado no momento, ai resolvi colar aqui...

03/08/2009 00:41:07 rodil2006@hotmail.com Junior oiee
03/08/2009 00:41:11 rodil2006@hotmail.com Junior tudo bom?
03/08/2009 00:41:51 Junior rodil2006@hotmail.com oieee
03/08/2009 00:41:52 Junior rodil2006@hotmail.com td e vc?
03/08/2009 00:41:54 Junior rodil2006@hotmail.com sumido
03/08/2009 00:41:54 Junior rodil2006@hotmail.com OO
03/08/2009 00:42:04 rodil2006@hotmail.com Junior tudo bom?
03/08/2009 00:42:32 Junior rodil2006@hotmail.com seim e com vc?
03/08/2009 00:42:34 Junior rodil2006@hotmail.com sumido
03/08/2009 00:42:36 Junior rodil2006@hotmail.com oO
03/08/2009 00:42:39 Junior rodil2006@hotmail.com mensagem voltou?
03/08/2009 00:43:23 rodil2006@hotmail.com Junior ?
03/08/2009 00:43:29 rodil2006@hotmail.com Junior não entendi hihi
03/08/2009 00:43:33 Junior rodil2006@hotmail.com olha, eh impressão minha
03/08/2009 00:43:37 Junior rodil2006@hotmail.com ou não houve comunicação?
03/08/2009 00:43:37 Junior rodil2006@hotmail.com kspoaspoak
03/08/2009 00:43:49 Junior rodil2006@hotmail.com 1(K)
03/08/2009 00:43:50 Junior rodil2006@hotmail.com skoasaposk
03/08/2009 00:43:55 rodil2006@hotmail.com Junior hihihihih
03/08/2009 00:44:08 Junior rodil2006@hotmail.com vc ri na cara do perigo?
03/08/2009 00:44:24 Junior rodil2006@hotmail.com its halo halo halo
03/08/2009 00:44:27 rodil2006@hotmail.com Junior só um pokinho
03/08/2009 00:45:10 Junior rodil2006@hotmail.com como assim jaqueline, o que vc me diz isso?

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

XD

Tudo na vida são etapas
tudo passa
o tempo passa
as fases passam
sejam elas boas ou ruins
e a vida também passa!

Então não deixa a sua passar em branco
mas não se esqueça
que tudo isso que você tá sentindo
também vai passar...

Te amo muito, e sempre,
Mas viva o hoje!

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Catatônico

As vezes eu fico sem ter o que pensar.
Eu tento me concentrar em algo e como sempre não consigo.
Não penso em pessoas que eu gosto a tempo e não vejo, penso apenas nas ultimas pessoas que vi.
Penso no que elas não gostam em mim.
No que comentam pelas costas.
Penso que estou perdido e sinto que nunca vou me entender.
Minha cabeça não está cheia de coisas, pelo contrário está vazio.
Não consigo fazer nada.
Quem sou eu? O que tenho que fazer pra ser alguém melhor/ normal?
Quero poder amar, saber quem sou e o que quero com certeza, quero seguir meu ideais e deixar de me sentir sozinho.
Quero ter amigos de verdade, e ser o orgulho da minha mãe.
Uma realidade que pra mim parece distante...
Emprego, dinheiro, alegria, conquistas e superações... amigos e amor.
=/


Pq eu sou assim???

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Escrever, escreve é o melhor para poder crescer...

Escrever é bom... desabafar, se sentir mais leve... relatar o que sinto... mas o que sinto? Solidão!
Por que estou sozinho?
Diariamente vejo pessoas com outras e "felizes".
Sou exigente!
Não quero o primeiro corpo que transitar por mim.
Quero uma pessoa séria com a vida, decidida, ambiciosa, carinhosa,
alguém que me faça rir, me sinta seguro, e que eu ame e seja recíproco.
Mas odeio idealizar alguém, tal como essa busca eterna.
Conheço muitas pessoas interessantes, mas o que elas pensam de mim?
"Sou amigo", pensa uma delas.
"Sou puta", pensa outra pelo único fato de eu ser obrigado e empurrado pela massa a curtir minha solteirisse em momentos de inlucidez.
E asssim fico com essa incógnita. Nesta falsa esperança que vou encontrar alguém, vou ser rico e ser eternamente feliz.
Ilusão...

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Ventania

Quantas noites sem dormir olhando da minha janela
Luzes da cidade, viajo o pensamento
Madrugada adentro enquanto muitos dormem
Quantos loucos atearam fogo aceleraram a mente
Viajaram na fumaça louca
Que passando a todos foi de boca em boca
No silêncio sinto essa fumaça me lavar o rosto
Maquinar meu cérebro fazendo louco
Me indagando à noite pela lucidez
Como posso eu parar na noite pra dar mais um trago
Se eu vivo essa lucidez tão louco
Só por mais um pouco eu vou pirar de vez
São os olhos de um poeta louco que contempla a noite
Na palavra certa de um pensamento
Só por um momento de inspiração

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Trópicos

Eu gosto é de viver entre o trópico da vida e da morte,bem no meio dele, onde a latidude é o céu e a longitude o inferno ,e as piores pessoas vivem, venenos que matam lentamente não me apetecem,drogas leves é só para babacas! beber,só se for pra entrar em coma alcóolico fora dessa condição pode ir tomar sua pinga vagabunda longe de mim!
Cafeína demais,drogas exacerbadas,cigarro sempre na boca,licor de menta na mão,cabelo bagunçado,calça arrastando no chão,camiseta rasgada e sexo só por diversão,afinal não devo me preocupar com essas babaquices de saúde,corpo e bem estar,todos morreremos um dia e iremos apodrecer no solo e ser devorado por formigas e bichos pequenos e insignificantes que sempre matamos ao vomitar toda aquela angústia misturada com vodka e restos de comida que sai do seu estômago!

O que vale nisso tudo é nossa alma,e pra ser sincera a minha não vale nada.


[Outra da minha poetiza... -q]

domingo, 16 de agosto de 2009

Crônica de Nárnia

Eu acho que nasci no ano errado.
Na verdade, na década, no século errado.
Queria ter sido hyppie, pregar a paz, vivem em paz.
Não só isso o que nos satisfaz.

Um dia em Woodstock,
Brisando, rindo,
cantando, me divertindo,
seria feliz, o dia seria lindo.

Há 40 anos eu seria assim
Gostar de quem gosta de mim
ficar com cheiro de capim
E viver como se fosse o fim.

Adoro escrever crônica,
Com minha mente catatônica,
e lendo "Turma da Mônica"
só pra rimar com “ônica”.

sábado, 15 de agosto de 2009

Flyer [4]

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Sol na casa 1, lua na casa 10

Tá, sou cético.
Tipicamente um tipo de pessoa desconfiada e pouco iludida com as invenções e soluções do homem para justificar tudo o que acontece no mundo.
Aí, quando eu to passando por momento de crises de "quero mesmo fazer jornalismo?", "será que devo mudar de curso?", "tenho que malhar","tenho que arrumar outro emprego", "devo cortar cabelo", "devo namorar","devo comprar"... ou "devo economizar", eu entro no personare e leio o seguinte:

Eis que, entre os dias 13/08 (Ontem) e 15/08, a Lua entra em seu quarto-minguante. O conflito aqui envolve carreira versus anseios pessoais. É bem provável que você, Junior, venha a perceber de uma maneira bastante clara todas as coisas que lhe incomodam em seu trabalho ou estudos. A idéia do momento envolve a percepção da defasagem entre o ideal e o real. Há também um choque entre quem você é de verdade e aquilo que a sociedade exige que você seja. Como a fase envolve um conflito, é bem provável que você sinta suas energias vitais em baixa, portanto não é recomendado que você abuse nestes dias, se alimente direito e durma bem, caso contrário pode sentir fraqueza e alterações fortes de humor.

Sei lá o que pensar, vou dormir, porque amanhã quero estudar (coisa que não faço a muito tempo) e resolver assuntos pendentes.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Canto Dos Malditos Na Terra do Nunca

Fique a vontade meu bem
Sinta vontade de ficar
Não tenha pressa
Quem sabe aqui é seu lugar
Mas se tiver de ida
Vê se não vai assim sem mim
Deixa a dor pra depois
Vamos nos aventurar nesse nosso tempo
Após prantos sem chorar

Fique a vontade meu bem
Sinta vontade de ficar
Não tenha pressa
Quem sabe aqui é seu lugar
Me mostra tua coragem
Vai leve tudo de mim
Apague os passos da estrada
Tente nem se quer lembrar
Daquele nosso tempo
O qual era tão fácil amar

Diz que quando eu for embora
Sempre vai me procurar
Não que eu não queira
Sempre eu vou te amar
E em cada estação
Em que não puder estar
Levo essa saudade
Enquanto não posso te levar
E no fim desse sufoco
Espero contar com a sorte
Se ela existe,
Que só a morte possa nos separar

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

E quando eu estiver triste, simplismente me dê uma caneta e papel

"DE QUALQUER MODO, CASE-SE. SE VC TIVER UMA BOA MULHER, SERÁ FELIZ. SE TIVER UMA MULHER COMO A MINHA, SERÁ FILÓSOFO..." - Sócrates

...
HAHAHAHA
Eu morri de rir quando li essa citação dele.
Porque tudo tem fundamento, a ligação implícita entre psicologia e filosofia...
Sabe? as pessoas quando estão apaixonadas e felizes, não perdem tempo escrevendo sobre o mundo, sobre a vida.
Quando escrevem, escrevem para que o outro leia, ou para que as outras pessoas tenham inveja da sua felicidade.
Já com a angústia, não é assim.
você pensa sobre cada ponta de assunto existente, e argumenta.
O pensamento flui, as idéias surgem, a inspiração renasce das cinzas como uma fênix e bablabla... entendeu a idéia né?
A questão é... ninguém é feliz e triste pra sempre. Nós precisamos da tristeza e d felicidade, pra compensar a outra.
Pense, se você está feliz hoje, amanhã você não tem como ficar mais feliz, portanto pra ser mais feliz ainda, você tem que ficar triste por algum motivo... é uma espécie de equilíbrio mental necessário para a espécie humana.
Ah sei lá.
Eu acredito nessa teoria, afinal, ninguém nunca me provou o contrário.
Na verdade, não possuo muitos amigos com os quais eu convero sobre minhas ideologias, e pensamentos estranhos.
As pessoas preferem falar de bebidas alcoólicas, gripe suína, faculdade, dinheiro, sexo, baladas e da vida alheia. Ninguém fala da Lua Cheia que estava linda na semana passada (e eu fiquei estagnado por horas admirando e contemplando sua beleza), do futuro, do passado e do mundo, das pessoas, da manipulação das mentes, do vislumbre hipócrita e das expectativas que tudo ficará bom um dia... nada, sempre o mesmo assunto clichê.
Eu sempre penso: é isso que ele pensa, ou é o que “eles” querem que ele pense?
Porque parece que por mais que sejamos seres livres, são presos na preguiça de pensar.
De argumentar, de inventar, temos tudo pronto e fim.
Sei lá, já viajei aqui de novo. Vou parar porque estou indo pra faculdade daqui a pouco, e preciso me arrumar, porque passei mais um dia inteiro de cueca deitado na cama com o notebook sobre o colo pensando no que escrever.
FIM

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Inconstante

O tempo vai passando e tudo acontecendo...lentamente, não como meu imediatismo resolve, nunca no meu tempo... o tempo perdido que eu recupero alegremente. Será que isso tudo é permanente?
Claro que não, tudo muda constantemente!

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

365 posts per year

Ando pensando aqui com meus botões... Se eu ficar postando no meu blog todos os dias, serão 365 posts por ano, acho que vou imprimir e publicar num livro mais tarde. Alocks...
Mas sério, tem que ter muito tempo ocioso e idéias obscuramente insanas para postar tanta merda num blog, né?
Bom, a semana ta começando e as aulas voltam hoje. Acabou o recesso da gripe suína, o que é ótimo porque eu não agüentava mais ficar de férias. (Agora só falta eu pegar a gripe e ficar de quarentena u.U – [BATE NA MADEIRA MODE ON])
Ultimamente minha cabeça anda atolada de coisas pra eu fazer, portanto não estou escrevendo muito textos tão brisados quanto os anteriores. Acho que esgotou minha quota de criatividade e motivação.
Escrever é bom quando a gente esta ruim, pelo menos pra mim é assim, mas isso é assunto pra outro post, na verdade, vou escrever algo sobre isso amanhã. Ou não.
Foi pra faculdade, 1bjo pra quem fica perdendo tempo lendo essa porcaria toda.

domingo, 9 de agosto de 2009

Flyer [3]

sábado, 8 de agosto de 2009

Pop-Art

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Meia palma pro "Serra"


Ai to feliz.
O melhor presente que alguém desconhecido me deu por coincidência de datas.
A partir de hoje entra em rigor a lei antifumo no estado de São Paulo.
Eu acho sinceramente, a melhor novidade do ano vindo de um político, não que eu seja descrente de política, mas não dou muitos créditos a políticos, chefes e ex-namorados.
Como um ser NADA baladeiro... HAHAHA, isso pra mim, é perfeito.
Sem falar no meu problema sério do pulmão... eu não sou mais um fumante passivo.
Vontade de comemorar, sério...
Poder sair e voltar pra casa sem FUTUM de cigarro.
Agora podemos dançar sem ter q ficar olhando pro lado a procura de uma bita aleatória que resultaria na perda de uma parte do meu modelito moderninho ou em uma cicatriz permanente.
HAHAHA
tenho várias!

Ai enfim, por hoje é isso, porque eu estou pensando em assistir "Amélie Poulain" novamente e dormir.
Até logo!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Feliz aniversário pra mim.

O melhor de fazer aniversário, é receber o carinho dos amigos.
Telefonemas, sms', mensagens no msn, fotolog, orkut, visitas... aii... tem coisa melhor do que isso?
se tiver alguém me fala, ok?
Claro que também tem aquelas pessoas que nem gostam da gente e deixam mensagem só pra encher o saco, mas nem me abalo.
Por falar em se abalar, uam coisa que não tem NADA a ver com o post, gostaria de comentar hoje...

estava eu lindo caminhando pela Rua 25 de Março em São Paulo, ontem a tarde, quando me deparei com um vendedor de "Papa-bolinha" me oferecendo o produto que eu recusei, pois não era do meu interesse.
Como se não bastasse, o infortúnio do indivíduo resolveu gritar "EMO" pra todo mundo ouvir.
Como de praxe, ignorei e continuei andando, só q ele veio me perseguindo.
Mostrei o famoso dedo médio [ _|_ ] e segui meu rumo. Outro vendedor se manifestou falando coisas que ele desconhecia sobre ideologia dos "emos" e me julgando como tal por esse pré-conceito besta.
Primeiramente, uma pessoa deveria se informar sobre um assunto antes de falar de boca cheia sobre o mesmo, mas a ignorancia de alguns impedem isso, o que resulta nessa anarquia tosca da estupidez.
Ainda tive que ouvir: "... vc é uma vergonha pra todos os homens..."
O que é uma vergonha pros homens? Um jovem que acaba de completar 22 anos, universitário, formador de opiniões, que respeita as pessoas e as trata como igual, não rouba e não faz mal a ninguém, tem boa índole, que faz parte de PEA do país e estava usufruindo do seu direito de liberdade de ir e vir como prega a contituição, apenas por ter uma idéia e instrução de mundo diferente dele?
Mas o castigo veio a galope, pois um policial que passava perto, ouviu sua alteração de voz e ele teve que sair correndo com os produtos que vendia passando perto de mim, coisa de 3 segundos depois, quando passou com cara de medo eu apenas falei "pelo menos, eu não tenho que correr da polícia, quem é a vergonha agora?".

Fico pensando em como o mundo é injusto, mas não me mato por isso.
To bem satisfeito com a minha vida e minha visão sobre o mundo, sei quem sou e o que eu quero e estou bem comigo mesmo, e é isso que importa, não é porque um comentário irracional de tamanha proporção vai ser contado como algo considerável na minha vida.
Nem mesmo comentário deste blog, que já não tem comentário algum.

O que é bom, pq demonstra que os leitores (se é que vocês existem...), são pessoas que admiram o blog em si, e não entram para checar minha vida... ou até mesmo entrou por acaso quando jogou alguma palavra aleatória no google e caiu aqui.
Enfim, já vou deitar, pq estou exausto e tenho um dia inteiro pela frente, o MEU dia *-*

Parabéns pra mim!

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pronto, falei!

O que fazer quando você se depara consigo mesmo no espelho e não se reconhece mais?
Aquele rosto, roupa, acessórios, cabelos... nada disso te pertence.
E não é o tudo fixo, é algo psicológico.
"O quem sou eu?" deixa de ser uma incógnita quando a gente abre os olhos pra verdade implícita na alma.
Estou cansado de ter as mesmas ações sempre. Acreditar nas mesmas pessoas, esperar o melhor delas.. na verdade, estou cansado de depender dessas pessoas.
Também der ter os mesmos erros, os mesmo vícios e TOCs.
Não quero mais ser um clichê, nem agir com atitudes milimetricamente pensadas, não quero escrever pros outros lerem, não quero mais ser assim.
Quero poder querer as coisas... por mim e não pelos outros.
Quero ter minha própria personalidade, e não ser mais fragmentos de todas as pessoas, coisas e situações que presencio e adoto como doutrina.

Quero saber quem sou eu.Ser mais eu, e menos ele, ela, aquilo, você, vocês, eles e elas. Nem mesmo quero ser nós, quero ser EU.
Será que é tão difícil assim me encontrar? me ver?
E isso não vejo com os olhos carnais, nem procurando no espelho.
Tenho que olhar pra dentro de mim.
Mudar meus conceitos... determinar que aquilo que eu mais acredito que é o correto pra eu seguir, na verdade é a mentira que consome meus dias.
Tenho que viver minha vida por mim e para mim.
E pensar que na verdade, eu tenho que curtir minha vida de outra forma, ou melhor, aprender a curtir o que é mais importante na minha vida: EU MESMO.
O eu que acorda todas as manhãs, o que sente desejo, tenho que curtir meu ouvido que me faz viajar em tantas musicas, meus olhos que me proporciona cada vista maravilhosa, esses odores de casa limpinha, perfume novo, cheiro de comida, de chuva na areia, meus pensamentos, minhas loucuras, instintos, insanidades, vontades, idéias, sentimentos, tenho que acertar e errar, tenho que me conter, me jogar... é, acho que só pelo fato de eu estar escrevendo isso é porque já estou pensando (e mudando) sobre o assunto.

Assim espero...

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Silly Boy

Eva Simons

You're callin' me more than ever now that we're done
Two keys back to my place, we were havin' no fun
But you're not ok, telling me you miss my face
I remember when you would say you hate my waist

I said I'm not coming back, it's it
You fooled me once but you cant have that ego turning
Just to bad for you, that when you had me
Didnt know what to do, shes over you

Cause you had a good girl, good girl, girl
That's a keeper, k-k-k-k-keeper
You had a good girl, good girl but
Didn't know how to treat her, t-t-t-t-treat her (treat her)
So silly boy get out my face (my face)
How do you like the way regrets taste?
So silly boy get out my head, head
(get outta here)
No, I dont want you no more (get outta here)

Silly boy (silly boy)
Why you acting silly boy?
Silly boy boy (boy boy)
Acting acting silly boy

You comin' with those corny lines
Can't live without me
I'll get some flowers for the day that you are buried
No, people make mistakes
But I just think your ass is fake
Only thing I want from you, is for you to stay away

No more, no more, no more...

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Um tempo

Acho que vou dar um tempo.
Tempo pra mim tempo pra você,
Tempo pro tempo,
Tempo pra minha cabeça,
Tempo pra minha faculdade,
Tempo pra academia,
Tempo para guardar dinheiro,
Tempo sem internet,
Tempo sem gastar demais com coisas supérfluas,
Tempo pra ver filmes,
Tempo pra ler livros,
Tempo pro meu curto se francês,
Tempo pra pensar,
Tempo pra eu mudar,
Tempo pro mundo mudar.
Tempo pra me adaptar ao mundo,
Tempo pro mundo se adequar a mim,
Tempo pra eu ser puta e deixar de ser novamente.
Tempo...

domingo, 2 de agosto de 2009

Naftalina

Tantos detalhes passam despercebidos,
e mesmo que doa
seu corpo ja está corroído
você não é mais uma pessoa boa.

Dias passam voando
e você continua esperando
sem ter algum motivo ou razão
acredita que nada é em vão.

O céu é azul
O sol é amarelo
O mundo é cinza
e sua vida,uma eterna neblina
que fede a naftalina. [e drogas leves]



...

amo os poemas brisados da Moni, porque ela brisa como eu!

sábado, 1 de agosto de 2009

Saturday

Hoje não é só sábado.
É mais um sábado desperdiçado da minha vida.
Estou morrendo de dor de cabeça, e eu não estou com vontade de fazer nada.
Não que eu esteja depressivo e não tenha dinheiro pra sair,mas é mais forte do que isso.
Estou sem ânimo pra sair...
Não consigo ser como o resto.
Não consigo mais me focar em algo... Preciso tirar um tempo de tudo isso que eu faço para que possa mudar... Mudar minha rotina.
Quebrar meus paradigmas... Mas é a verdade, eu não me sinto bem assim.
Acordo tarde, durmo tarde, não tenho hora pra comer e nem tomar banho nem nada, todos os dias são iguais, e eu nunca saio do meu quarto, isso não é a vida que eu quero.
Quero poder sair,me sentir bem física e psicologicamente, ter as coisas que almejo (capitalismo maldito.U) e ir a lugares que eu quero.
Sinto que me prendo muito às pessoas, o que elas vão pensar e a merda da internet, ai me sujeito a viver uma subvida pra esse todo vazio que são as outras pessoas.
Sei lá, vou parar por aqui e dormir um pouco novamente, ou sei lá... Ficar pensando em como as coisas poderiam ser diferentes e em que eu posso mudar, a grande diferença é que desta vez eu (acho) que começo a colocar as coisas em prática.

Escrevi, escrevi mas não falei nada, né?
Daqui a pouco to bem... bipolaridade de humor tenso..

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Só depois que perdemos tudo é que ficamos livres para fazer qualquer coisa.

Eu vejo aqui as pessoas mais fortes e inteligentes. Vejo todo esse potencial desperdiçado. A propaganda põe a gente pra correr atrás de carros e roupas. Trabalhar em empregos que odiamos para comprar merdas inúteis. Somos uma geração sem peso na história. Sem propósito ou lugar. Nós não temos uma Guerra Mundial. Nós não temos uma Grande Depressão. Nossa Guerra é a espiritual. Nossa Depressão, são nossas vidas. Fomos criados através da TV para acreditar que um dia seriamos milionários, estrelas do cinema ou astro do rock. Mas não somos. Aos poucos tomamos consciência do fato. E estamos muito, muito putos. Você não é o seu emprego, nem o carro que dirige. Você não é sua conta bancária nem as roupas que usa, você não é o conteúdo de sua carteira, você não é seu câncer de intestino, você não é seu café com leite, você não é sua gatinha vagabunda e imbecil, nem a porra do uniforme que veste. Você é a merda ambulante do Mundo que faz tudo pra chamar a atenção. Nós não somos especiais. Nós não somos uma beleza única. Nós somos da mesma matéria orgânica podre, como todo mundo.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

$$$

Capitalismo, oportunismo, obsessão em ter, poder, ambições, avareza, materialismo... por que nós somos assim?
Tão impotentes perante a essa porra que nós é imposta?
Estou farto de minha felicidade como pessoa, minhas realizações se resumirem em dinheiro, emprego, casa e carro.
Por que a gente tem que viver assim?
Tenho que me adaptar?
Até quando ?
Não queria que fosse tudo assim.
Mas já estamos castrados de qualquer forma de vontade de alterar a hereditariedade contida no destino de toda uma sociedade moribunda ...
Quando fui assaltado por exemplo, me senti um nada.
Comecei a ter crises de humor me sentindo um inútil e talz. Mas porra, não foi culpa minha, ninguém escolhe se sentir mais seguro dentro de casa, de que nas ruas. Sair de sua casa e não saber se vai voltar, e se voltar, se ainda vai ter sua carteira, seu salário inteiro, objetos que comprou com a porra de um mês inteiro trabalhado, ou até mesmo, com 100% de saúde, com seus braços e pernas, ou uma bala entalada no corpo... Nada disso temos certeza mais.
E a segurança?
Mas não era sobre isso que eu estava escrevendo, até porque esse lance todo de segurança é proveniente dessa merda toda chamada dinheiro. Pedaços de papéis coloridos que só servem para modificar e ser a decadência de toda uma espécie.
Quando nossos valores vão deixar de ser relacionados a cifrões?
Enfim, vou pensar mais e depois escrevo algo sobre isso... ou não... vou ver se pego minha bolsa TNG, calço meu ADIDAS, borrifo Dolce e Gabanna, visto uma camiseta Colcci, cueca Cavalera, coloco meu Rayban na cara e ligo pra alguém do meu Motorola para passear comigo no shopping, assim serei parte desse todo PODRE. E lembrando sempre: sorria, pois o mais importante é mostrar que você está de acordo com toda essa “vida”.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Perdendo Dentes

Pouco adiantou
Acender cigarro
Falar palavrão
Perder a razão

Eu quis ser eu mesmo
Eu quis ser alguém
Mas sou como os outros
Que não são ninguém

Acho que eu fico mesmo diferente
Quando eu falo tudo o que penso realmente
Mostro a todo mundo que eu não sei quem sou
Eu uso as palavras de um perdedor

As brigas que ganhei
Nem um troféu
Como lembrança
Pra casa eu levei

As brigas que perdi
Estas sim
Eu nunca esqueci
Eu nunca esqueci

terça-feira, 28 de julho de 2009

Fragmentos de um Diário

Um quarto de ano jogado no lixo
Trocado por um quarto de cada dia que passo com outro
Ou uma noite esperando por aquele que nem sente nada por homens...
Ou com o garoto dos telefonemas fofos...
Ou então qualquer outro da internet...

Me pego vítima do desejo, esperando por alguém que supra minhas necessidades carnais.
Não queria sentir isso, não com tanta intensidade.
Anseio pelo sexo, sem compromisso, com compromisso... enfim, pela coisa em si.
Pura armadilha de satanás como diria uma amiga.
Se alguém souber como se livrar desses pensamentos certos de hora errada, me dá um aviso, enquanto isso não passa, vou mais uma vez brincar sozinho esse jogo de xadrez, onde pessoas são apenas peças para o grande cheque-mate chamado orgasmo.
Quem será que pode me vender um pouco de prazer pra aguentar a vida sem brincar com a morte?

segunda-feira, 27 de julho de 2009

I'm not your boyfriend, Baby

Eu não sou seu namorado, querido
Eu não sou seu brinquedinho sexy
Eu não sou seu leão nem seu tigre
Não vou ser seu safadinho
Não posso te garantir cada um de seus desejos
Eu não sou seu cavaleiro em armadura brilhante
Então, vou apenas te deixar com esse beijo

Você sabe que eu represento essa merda
Tenho ela tatuada em minha pele
Se você fode com a minha cidade
Então você fode com a minha família
Você sabe que eu represento essa merda
Eu estou com as minhas mãos no seu peito
Filho da puta, é melhor acreditar
Que você está fodendo com o melhor

Apague as luzes
Essas crianças aprendem com queimaduras de cigarro,
carros rápidos, mulheres rápidas e drinks baratos
Parece certo
Todos esses asfixiados e auto-medicados
Tome a pílula branca, você vai se sentir bem

domingo, 26 de julho de 2009

Flyer [2]



Outra arte minha... mas nada de curtir a balada! =X

sábado, 25 de julho de 2009

Menino de Plástico

Menino de plástico,
sonhos de plástico,
vida de mentira.
Tudo parecia tão real!
Me viro de ponta cabeça
e derrubo coisas de meus bolsos.
Vejo que estou quebrado,
não há mais gosto em nada.
Eu sentia e via, parecia real.
Agora sou isso, nada e nada...

Menino falso,
amor falso,
numa vida falsa.
Tudo isso acaba comigo.
Me fez vazio.
Você me amaria se fosse assim?
Poderia ter feito mais?
Creio que é tudo culpa sua.
Só quis ser tudo que você queria.
Todo o tempo, o que você desejava.
E me esqueci de ser eu mesmo.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

O Vício da Vez

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Fim do Inferno Astral

Graças a deus o pior já passou.
Fim de namoro, crise financeira, briga com amigos e esse período de tudo de ruim.
Tudo de ruim mesmo, momentos em que passei com crises existenciais e com depressão pós término de relacionamento, perda e ganho de peso e essas coisas... sem falar da minha auto-estima que anda simplesmente uma bosta! Além de eu não estar ficando com ninguém, parece que eu não to mais na fase de boa colheita...
Incrível como um período, um mês que antecede o seu aniversário, pode rolar TANTA caca...
Mas também rolou muita coisa legal, mas sei lá... as ruins chegam a compensar.
Falo isso por algo que me aconteceu a alguma horas atraz... eu fui assaltado.
E como sempre, reagi ao assalto.
Mas desta vez eu apanhei e ainda me levaram minha mochila LINDA da TNG nova que eu tinha visto em um desfile da Fashion Week e meus pertences de dentro (Uma chapinha novíssima da Taiff de 17 cm, um depilador elétrico novíssimo da Italy GAMA, um óculos Wayfarer da Rayban, R$30 em dinheiro, meus cartões e minha carteira, meu pen drive, documentos como RG, CPF, Título de eleitor, um Rexona, um perfume Dolce e Gabanna, minha coleção de piercings, o foninho da Motorola do meu celular, a chave de casa (vou ter q tirar OUTRA cópia, e meu all star importado...)) resumindo, cerca de R$500.
Que ódio... pior de tudo, é que não tenho $ pra ter tudo de volta agora... queria tudo novamente.... que merda!
Como o ser humano pode se prender TANTO aos bens materiais, né?
Mas é a pura verdade! Tudo o que ta lá é meu, eu consegui com MUITO esforço...
Agora chega um babaca desocupado e leva tudo embora...
Mas uma coisa que uma amiga me disse é verdade, Caixão não tem gaveta... antes ele levar tudo do que eu perder a vida.
Estou bem, sentado, bem alimentado, em uma cama quentinha, com minha família em casa, e isso sim faz a diferença. Aquele babaca inútil do assaltante (que eu desejo que morra esquartejado, por sinal), deve estar no frio da noite, fumando craque e tentando vender meus pertences...
Enfim, o que importa é que eu to bem. Ganhei um adidas lindo, coloquei um piercing novo na orelha esquerda e um alargador de 5mm na mesma orelha e no fim de semana volto pra minha casa onde passarei meus últimos dias de férias. E que venha a regência de Leão!
Acho que é isso por hoje, estou sem cabeça pra escrever algo.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Bad Trip

O uso abusivo de substancia ilícita enfim teve um resultado inesperado!
Era pra eu me sentir o centro de tudo e de todos... no começo deu certo.
O LSD me deixou sentindo como o centro do universo onde músicas, luz e olhares se mesclaram em um raio de estímulos que me empurraram para a pista de dança, onde eu estava no meio das pessoas dançando frenéticamente.
Inesperadamente me deparei com algumas pessoas, olhares vazios umas para com as outras, pessoas drogadas, bêbadas, pessoas promiscuas, apenas pessoas... cada vez mais pessoas, e elas não eram nada... perdi o ar. Meu coração disparou, coloquei a mão no peito e percebi que nada havia ali.
Eu estava oco.
Não havia coração... mas eu não queria ser como eles, eu não era como eles.
O que eu estava pensando?
Não conseguia mais completar um pensamento e já vinha outro na minha mente.
Que coisa louca!
Não me controlo... era como se eu tivesse me concentrando pra pensar em tudo, ao mesmo tempo não queria saber de nada.
E somente coisas ruins sobre tudo.
Só queria estar em casa, na minha cama, de banho tomado... Mas estava sentado com a perna tremendo e sem me concentrar em nada. E aqueles pensamentos obscuros dominando minha mente...
Chego em casa algumas horas depois, deito minha cabeça no travesseiro e durmo.... Não sonhei! Na verdade nem sei se dormi mesmo, ou se fiquei deitado por todo aquele tempo enquanto me corpo se preparava para mais uma festa, onde dessa vez abusei de bebidas alcoólicas.
Vida boêmia estava cansado de você... Mas ao mesmo tempo sentia sua falta. Aquele sentimento de sentir vivo novamente, mas ao mesmo tempo morrendo por dentro... Fumei um baseado e dormi.
Acordei num quarto com mais quatro pessoas, não sei se transei com uma delas, ou com quatro delas... Não importa, nada disso que eu estou escrevendo é verdade.Ou não...

terça-feira, 21 de julho de 2009

Adultice

Estou vivendo uma fase estranha
me sentindo velho e parado
nem tudo tem o mesmo brilho
me sinto jovem, mas não quero mais tudo o que eu tenho
baladas, saidas, quero descançar ficar em casa, namorar...
será que estou errado em desejar esse tipo de coisa?
tenho aversão ao comum, o normal... o que está na mídia, os valores que as pessoas abraçam como se fosse o urso de pelúcia que dorme com elas todas as noites...
tenho me atraido por pessoas exóticas, musicas diferentes, literatura alternativa
ando cansado de Paramore, Harry Potter, sentir pena do Michael Jackson, Madonna, Crepúsculo...
anda farto de baladas, pegações, e a pressão de que você tem que foder pra ser feliz.
Será que é mais um sintoma da casa dos 20 e poucos anos ou é só mais uma fase?
Futuro incerto, só sei que dessa vida, quero ter boas lembranças, bons amigos, comer bem, viver bem, gozar muito, rir muito, me divertir, curtir minha familia, viajar e fim, o resto é lucro, dinheiro é ótimo, mas viver bem é mais que isso!
Viva meu novo eu versão 2.2!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

22 Invernos

É tão estranho pensar que sua vida passa tão rápido.
Em menos de um mês eu completo vinte e dois anos!
Um dia você quer ter 18 anos, no outro você tem mais de 20 e pensa que sua vida anda tão louca, que você preferia ter 15 novamente porque você era feliz e não sabia.
Será que eu curti tudo até agora? Será que to vivendo certo?
Será que existe um meio certo de viver?
Só sei que estou vivendo, e procurando viver intensamente tudo, e todos a minha volta.
E é assim que a banda toca, e daqui a um ano, vou estar novamente pensando em como a vida passa rápido.
Enfim, quero presentes!

domingo, 19 de julho de 2009

Flyer

sábado, 18 de julho de 2009

Poeminha Besta pra Descontrair

Vivo teoria
coleciono fantasia
almejo alegria
mas minha alma atrofia

Só tenho decepção
só caio em tentação
Tudo isso é ilusão
Quero poder dizer não

mas tenho esperança
aquela de criança
que já mudei a dança

agora na minha vida
outra pessoa querida
vai curar minha ferida.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Celebration

“Come join the party, yeah
Coz’ everybody just won’t do
Let’s get this started, yeah
Coz’ everybody wants to party with you”

quinta-feira, 16 de julho de 2009

There’s Nothing Better Than A Good Lie

“Mas ele se sente só
Quando a noite cai
E quando vem o vazio
Ele não sabe pra onde vai
Mas ele se sente só
Quando a manhã vem
Nunca está sozinho
Mas não quer olhar pra cara de ninguém”
Sem a máscara onde você vai se esconder?
Não poderá se encontrar perdido na própria mentira.
Seu amor não passou disso, nada mais que uma mentira!

Não se sente mal? Por querer ser todos como num eterno carnaval?
Esqueceu que todo carnaval tem seu fim?
Eu sei a verdade agora
Eu sei quem você é
E eu não te amo mais
Isto nunca foi e nunca será.
Você não é real e não pode me salvar
E é só isso, não tem mais jeito. Acabou!
Boa sorte...


[agora é a hora que eu fico escutando “Never Again” da Kelly Clarkson...]

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Compulsão Obsessiva

Nessa vida, uma pessoa é tão cruel, quanto o azul do céu
a mão que te masturba na balada, é a que te afoga na privada
e escarra na tua alma, o gozo que escorre na sua pele infame
o desejo permanente de sua alma carente, é apenas um álibi de misericórdia do seu próprio eu que quer sufocar as lembranças do seu passado (e presente) decadente...
portanto se contente apenas com meu desprezo indiferente, porque é isso que te faz contente como mais um entopercente para uma mente doente.
Se afogue nas suas mentiras, acredite fielmente em cada linha de pensamento que tiver,
pois quando sozinho estiver, espero que você tome no cú!

terça-feira, 14 de julho de 2009

A moda é fingir que tá tudo bem e obrigado.

Te reviro pelo avesso, só pra ver se te mereço.
Te sigo pela estrada afora, me perguntando por que foi embora.
Te imagino dormindo e sonhando, mas escuto você roncando.
Te vejo mentindo e pergunto: você é feliz?
Te garanto que felicidade é um fim de tarde olhando o mar, felicidade é ter amigos pra apoiar
e assim seguimos loucamente nossa vida... e eu penso:
"Será que eu já posso enlouquecer? Ou devo apenas sorrir?"
Abracei a loucura sorrindo porque lembrei da música da Pitty e agora eu vou comer pizza de brócolis. Beijos

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Post-It [2]

Lembrete: não me anular por causa de NINGUÉM, sob qualquer hipóstese!
Uma hora ou outra, o jogo vira... e quando as pessoas perceberem que perderam o brinquedo, GAME OVER pra elas...

enfim, ando fatigado de escrever tanto para tanta insignificancia que acontece no meu cotidiado!

Liberté [MODE ON]

domingo, 12 de julho de 2009

Bad Dream

Hoje tive pesadelo... Na verdade... vários...
Fiquei pensando nas piores coisas que poderiam acontecer em um relacionamento, nas piores coisas que as pessoas podem dizer ou fazer para com as outras.
Como as pessoas são egoístas!
Egoístas, mesquinhas e injustas.
Mentem, traem e enganam... Tudo pra alimentar um ego ferido.
E fazem isso por elas mesmas, nunca pensam no que a outra pessoa sente.
E me perguntaram por que estou solteiro novamente, tentei pensar em algo diferente de "porque meu ex é puta e quer voltar a pegar geral", mas não consegui!
No fundo eu sempre soube que não deveria confiar nesse tipinho... Estereótipo de índole duvidosa, atitudes forjadas e frases prontas. Nada mais do que uma criança... Uma criança mimada.
Uma criança com medo de peixe, criada com seus irmão, mas sempre almejou ser tratado igual. Na escola era rejeitado pelos amigos, vítima de piada. Amigos que só queriam te consumir, buscar em você sua boca pra chupar o amigo deles na praça vazia da cidade vizinha onde moro e nada mais. Fico me lembrando de cada palavra dita ao telefone, cada torpedo, cada olhar, tudo o que me disse, e penso: o que você tinha na cabeça?
Não foi uma noite, foram 3 meses. 12 semanas, mais de 90 dias... 1 quarto de ano, e o que você ganhou com isso?
E agora? conseguiu o que queria?
Um lugar frequentado por pessoas que amanhã não lembrarão de você, um lugar onde "retoques na decoração" deveriam ser "reforma em toda infra-estrutura"... E seus "truques" de internet sem empate né? Até adiciona pessoas desconhecidas atoa...=P
Não troquei ninguém por tão pouco... não enfio meu salário no cú gastando com baladas.
Se hoje eu saio, pra conhecer novas pessoas, fazer coisas sem você, vou tendo a certeza que não que não farei nada de errado. Minhas atitudes são lícitas, porque não sou promiscuo e fútil quanto você. Diferente de você, as pessoas que surgiram em minha vida, foram aleatórias. Não foi nada planejado nem forjado pra atingir você. Não há porque de você se sentir exclusivo... Não que não te amo mais, mas estou magoado... Profundamente ferido. Não quero desculpas, explicações, quero que você apenas vá... O mais longe possível de mim.
Daqui a um mês no máximo, você não fará tanta falta, e daqui a um ano, nem lembrarei de você... Somente quando ver sua foto no meu mural, espero até lá, você ter consertado as cagadas que você tem feito, ou o tempo já tiver se encarregado de encobri-las pra você.
Você ERA sim a pessoa com quem eu queria ficar, a pessoa que você demonstrou a ser. Só que com o tempo, a sua máscara caiu... E seu disfarce era PÉSSIMO, colega!
Não adianta mais ficar com ex, com pessoas que não gostam de mim, não adianta mais ligar, mandar mensagem, ou coisa do tipo... Daqui a pouco isso passa. Não to sentindo nada por você de bom no momento, não tenho esperanças de nada mais com você, pois você se tornou algo que eu abomino. Quem é você? Só sei que é alguém diferente de mim!
Sempre fui lúcido e ciente dos meus deveres como pessoa. Deveres morais... Sei lá... Coisas que a gente faz sem pensar. Atitudes que são inatas.
Deveres sim, como ser uma boa pessoa, tratar as outras com respeito, esse tipo de coisas... Mas hoje em dia as pessoas têm deixado esse tipo de coisa pra segundo plano, né?
Novamente respeito! É... As pessoas não aprendem as lições!
Só quando tomam na cara... Mas a vida é bem assim. Todo mundo gosta da verdade, mas ninguém tem coragem de olhar na cara dela!
Que sentimento é esse? O que você ganha ficando com uma pessoa de mentira? Sentimento de mentira? Vida de mentira? Mentir... E ainda justificar dizendo que era para o bem do próximo.
Me sinto um eterno clichê, e sei que daqui a um mês eu vou estar bem.
Não sei como as pessoas conseguem colocar a cabeça no travesseiro e dormir depois... agora só resta uma pergunta:

Das coisas que você me disse/escreveu, alguma coisa era verdade?

sábado, 11 de julho de 2009

Boa Sorte

Se do amanhã ninguém tem a certeza, eu sou ninguém e você é o amanhã. Para ser feliz não é preciso esquecer nada, é suficiente acreditarmos que fez o seu melhor e dar tempo ao tempo. Não pode se esconder. Sonhar aquilo que quer sonhar, ir onde quiser ir, seja aquilo que quer ser, temos somente uma vida. E só uma oportunidade. Você é verdadeiramente feliz? Então acredito que voltaremos depois, assim nós reconquistaremos tudo como anos atrás. É só dar tempo ao tempo. Um dia estaremos juntos rindo de tudo, e juntos. Ou não. Quem sabe? Só temos certeza que morreremos, o resto, a gente corre atrás. Então... É isso!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Agridoce

Por que você às vezes
Se faz de ruim?
Tenta me convencer
Que não mereço viver
Que não presto, enfim

Saio em segredo
Você nem vai notar
E assim sem despedida
Saio de sua vida
Tão espetacular

E ao chegar lá fora
Direi que fui embora
E que o mundo já pode se acabar
Pois tudo mais que existe
Só faz lembrar que o triste
Está em todo lugar

E quando acordo cedo
De uma noite sem sal
Sinto o gosto azedo
De uma vida doce
E amarga no final

Saio sem alarde
Sei que já vou tarde
Não tenho pressa
Nada a me esperar
Nenhuma novidade
As ruas da cidade
O mesmo velho mar

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Feriado Fodido

Foder.
Foder porque gosta.
Foder porque quer.
Foder pra matar a vontade.
Foder pra matar o tédio.
Foder pra passar o tempo.
Foder por foder.
Foder pra experimentar novas coisas.
Foder pra preencher as lacunas do silêncio.
Foder de frente, de lado, de costas.
Foder no chão, na cama, no colchão, no sofá, no pufe, no quarto, na sala, no corredor, no banheiro, na cozinha, na escada.
Foder e tomar banho.
Foder durante o banho.
Foder, de banho tomado.
Foder... e ver um filme, comer uma porção de batata-frita, tomar vinho com leite condensado, e comprar um par de havaianas branco.
Foder mais uma vez e dormir.



...

Acordar e foder de novo.


e o amor? Se fodeu!

La Route



La ligne noire
Dans le paysage
Nuitamment un peu sauvage
Tous les discours sont terminés
Sur la, la route
La route abandonnée
Suivre le pointillé

Les mouches
A feu
Elles tournent
Les yeux
Elles dansent
Sur la
Route abandonnée
L' immensité
Suivre le pointillé

Le bitum fond
A cause de la chaleur
Les rochers se morfondent
Ce sont les vainqueurs
La lune
Veille sur nous
Les arbres
Relèvent
La garde
Le temps
Qui va
Trop vite.
La route abandonnée.

Les mouches
A feu
Elles tournent
Les yeux
Le paysage
Un peu sauvage
Un peu sauvage

La route abandonnée
Suivre le pointillé

Jamais
Perdu
Le nord
Le sud
Et puis
En tout lieu
Aventureux
La lune veille sur nous
Ça ne m'étonne pas
Oh ne parlez pas

La route abandonnée

quarta-feira, 8 de julho de 2009

O amor é importante. porra!



Não durmo direito!
Não consigo pensar direito mais... Ter concentração em algo que não seja “alguém” é difícil.
Não sonho com mais ninguém.
Não faço mais coisas pensando somente em mim...
Será que estou bem?
Você está me deixando doente!
Sei lá... que estranho isso! Mas o sei o que está acontecendo comigo... é o amor.
Amar todo mundo ama, mas a gente se acomoda com sentimentos... Você ama sua mãe, sua família e seus amigos, mas o amor que eu estou falando é avassalador, do tipo que te deixa com cara de idiota olhando uma foto, eu com o coração disparado com o telefone tocando... Você chora com sms’, você espera que cada segunda, terça, quarta, quinta e sexta passem voando pra que você possa olhar naqueles olhos que te admiram e retribuem o que você sente.
Você escreve uma mensagem e dois segundos depois de clicar “send”, ele te liga pra dizer que te ama e que fez um texto pra você (lindo por sinal) e você fica sem palavras...
Independente de não agradar a todos nossa união, o destino tem conspirado a favor. Amém! É isso que importa.
Não sei se todos se sentem assim, mas neste momento eu tenho vontade de levantar a mão pro alto e gritar “EU TE AMO” pro mundo.
E amar não é uma ilusão, amar não é perfeito... Amar é brigar, sentir ciúmes, ficar com cara de bunda, ter medo de perder, amar é tudo isso... Amar dói, na verdade!
Por isso tem tanta gente que foge do amor. Medo.
Mas não vou me privar de viver isso, não é apenas mais uma pessoa na minha vida. É a pessoa da minha vida. E ela vale a pena!
Se for dar certo ou não, só o tempo dirá... Mas farei o possível para o que esta fase de hoje dure pra sempre, até estarmos capengas em bengalas sentados num jardim falando sobre quando éramos jovens brigávamos por tanta coisa idiota...
Sempre fui um cara que nunca conseguiu pensar em algo em longo prazo, até hoje não consigo imaginar como será minha vida daqui a 2 anos, imagina a 10, 20, 30...
Mas eu tenho certeza, que eu quero estar com você. Nosso futuro é incerto, é um tiro no escuro o jogo da vida, mas quero jogar com você. Sinto que, de mãos dadas com você, tudo é mais fácil.
Outra coisa que me deixa aflito ás vezes, é o fato de eu ter sido sempre um garoto hedonista. Sempre gostei de curtir cada segundo, cada momento, cada sensação... Mas com você eu tenho certeza que não estou deixando de curtir nada, nenhum momento. O melhor da vida é curtir cada segundo dela com você, mesmo você estando na cidade ao lado e eu aqui a semana toda, eu sinto que você pensa em mim. E isso é a melhor coisa do mundo.
Eu me privo dos outros, das tentações, as vezes são fortes, mas nunca superaram o que eu sinto.
Você é a cura das minhas crises existenciais, você é o empurrão pra eu sair da cama, arrumar o cabelo, e me arrumar. Você é meu cúmplice que alimenta minhas vontades de querer brincar de “porradinha” do nada, e fico uma semana com hematomas espalhados pelo corpo. Você é o porquê de eu ser alguém melhor, um namorado digno de confiança. Você é o dono da minha voz preferida, que me diverte, que diz que me ama, que me mima, e que me faz rir com histórias loucas de sonhos com cogumelos tristes; da minha carinha preferida que eu amo. Admiro cada cm do seu corpo, da sua alma.
Porque eu te amo!
E amo de verdade, sem comodismo e banalizar esse sentimento, porque a cada dia eu te amo mais, eu tenho mais ciúmes, eu sinto mais saudades, a gente briga mais, curte mais, se ama mais... Não somos perfeitos, mas somos perfeitos um pro outro!
E se querem saber como eu estou, faço de Vinícius de Moraes, minhas palavras.
“Se o amor é fantasia, eu me encontro ultimamente em pleno carnaval!”.

Carta de Amor

Sabe, eu fico pensando, ás vezes até brigando sobre essa coisa chamada amor.
Meu, como uma palavra tão simples pode ter um significado tão grande?
Eu não digo o significado literal e sim o significado da vida, são só quatro letras A, M, O e R, que juntas formam a maior dádiva do mundo.
A gente não escolhe quem a gente ama, ou melhoro amor chega de surpresa na nossas vidas.
Sabe, amar alguém é uma coisa tão mágica e especial que eu não tenho a capacidade de descrever, mas como um ser me disse “o amor não se explica, só se sente” foi nesse instante que eu descobri o que era amar de verdade. A partir desse momento, tudo se tornou mágico. A cada segundo meu coração bate mais forte, a felicidade toma conta da minha vida.
Eu não consigo pensar em outra coisa.
Resumindo, foi aí que eu percebi que você é o amor da minha vida, a pessoa que eu quero passar todo o resto da minha vida.
Te amo acima de tudo.

Binho Intelizano

...

Sim, eu recebi isso dele e nem sei o que dizer... pena que certas coisas são lindas na teoria, mas a prática é deixado pra segundo plano! Uma pena...

terça-feira, 7 de julho de 2009

Soneto de Insanidade

Fantasma do passado freqüentando minha mente
Dizendo que me ama agora que estou carente
Não sei se acredito nisso tudo loucamente
Ou se paro de escrever este texto imediatamente

Acordo com sono todas as manhãs
Imaginando que será mais um dia qualquer
Levanto e me visto colocando talismãs
E vejo o meu rosto distorcido na colher

Eu canso de escrever toda essa porcaria
Porque sei que nunca será uma poesia
Isso não passa de uma simples fantasia

Será que vai ser sempre assim?
Minhas dúvidas nunca terão fim?
E esse cheiro de jasmim?

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Freak Nation

domingo, 5 de julho de 2009

Pessoas

Pessoas nascem, crescem, comem, bebem, dormem, mijam, cagam, gozam, roncam, sonham, acreditam, mentem, fingem, crêem, pensam, falam, desejam, riem, choram, vê, vão, manipulam, brigam, lutam, batem, sofrem, machucam, ferem, matam, revoltam, querem, ligam, ignoram, cantam, dançam, namoram, transam, ficam, apaixonam, amam, odeiam, traem, caem, levantam, vêem, jogam, ouvem, brincam, correm, fogem, cheiram, viajam, roubam, estupram, assistem, esquecem, escondem, suam, gemem, suspiram, sussurram, perdem, ganham, pintam, criam, desenham, esperam, escrevem, lêem, sabem, fazem, são, lembram, inventam, vivem, decepcionam, desaparecem, surpreendem, e no fim, morrem!
Que morram!